Fisicamente, a Nova Era Não é o Que Imaginais

Mensagem de Brenda Hoffman, 21 de novembro de 2012

Queridos,

Talvez vos sintais como se estivésseis no meio de uma tempestade – não está muita coisa a acontecer na vossa vida, mas o mesmo não é verdade à vossa volta. Ou talvez vós sejais a tempestade e aqueles à vossa volta estejam calmos. Ambas as situações são esperadas. Alguns de vós limparam questões. E outros estão apenas a começar a vossa jornada da Nova Era.

O resultado dessa jornada é fisicamente diferente do que imaginais neste momento. Estais a projetar imagens da Era Antiga para a vossa vida da Nova Era. Os filmes de ficção científica dos anos 30 são datados porque as suas imagens são baseadas nos estilos de vida dos anos 30. Assim é para vós neste momento.

A Nova Era não é como o vosso mundo físico atual.

As casas não são versões maiores ou menores das populares mansões Mc dos Estados Unidos. Nem se irão necessariamente parecer com os edifícios de outros países em nenhum período. Os desenhos que criais irão misturar-se e melhorar os vossos ambientes.

As invenções que concebeis apresentarão soluções para as dificuldades de que não estais conscientes. Um pouco como tentar explicar a alguém de meados do séc. XIX a importância da segurança da Internet.

A Nova Era é só isso – a Nova Era. Não podeis entender como irá parecer porque não a haveis experimentado ainda.

O vosso ser interior levar-vos-á para os sistemas, invenções, imagens e interações que mostrarão completamente a beleza e alegria da Nova Era.

Talvez sintais que algumas das ideias do vosso ser interior são tolas. Não apenas essas suaves lembranças são importantes, como continuarão a sê-lo durante éones. O vosso ser interior está a criar a Nova Era com outros seres interiores de mentes semelhantes.

Acrescentamos “mentes semelhantes” pois de facto estais a descobrir o vosso nicho e, portanto, a vossa comunidade. Ao contrário do passado, a singularidade será um elemento importante. Já não ireis viajar pelo mundo vendo os mesmos tipos de comunidades com as mesmas lojas e todos a usar o mesmo vestuário. Isto é a Nova Era.

Garantido, aqueles com quem vós ressoardes irão parecer de algum modo semelhantes. Mas já não existe mais uma aparência geral esperada, atitude ou atividade. Algumas comunidades/seres irão festejar o Natal em dezembro, outros na primavera e alguns não o festejarão de todo.

Não haverá mais uma voz médica, académica ou religiosa.

Talvez acrediteis que essas ações vão gerar separações entre grupos. O contrário é verdade. Quando todas as opções, incluindo muitas novas são permitidas, ninguém precisará de parecer melhor, mais forte, mais rico ou sábio do que o outro. As comunidades formar-se-ão com base em interesses comuns. À medida que esses interesses se alterarem, alguns ou todos mudar-se-ão ou criarão uma comunidade nova.

A Nova Era é liberdade e aceitação.

Alguns de vós viverão em comunidades construídas a partir de materiais feitos pelo homem. Outros escolherão outras experiências de vida diferentes.

O mundo estará aberto para toda a gente. Os cidadãos (Cidadão é um termo ultrapassado) já não precisarão de solicitar aos governos para viverem em diferentes partes do mundo. O mundo tornar-se-á mais como os Estados Unidos – com limitações menores. Tal como os cidadãos dos Estados Unidos se deslocam com facilidade de um estado para ouro, assim também será verdade para os que se deslocarem de um continente para outro. Não haverá mais países mas, em vez disso, comunidades de interesse.

Queremos alargar as vossas crenças sobre os resultados. Poucos de vós, Trabalhadores da Luz avançados, têm prestado muita atenção ao que significa a liberdade global.

Alguns de vós ficarão preocupados com aqueles partes do mundo que “controlam” agora a economia ou o abastecimento de alimentos. Os marcadores de controlo desaparecerão à medida que encontrarem as vossas comunidades. Cada um de vós irá participar na criação física da Nova Era consoante a orientação do vosso ser interior. Por favor, lembrai-vos de que a Nova Era é uma grande transição concebida por vós.

Não muitos de vós, Trabalhadores da Luz avançados, desejais experimentar a Nova Era, precisamos de vos lembrar das imensas diferenças entre as duas Eras.

A vossa transição de comunidade física será como é para vós pessoalmente.

Primeiro, o vosso ser espiritual aceitou a Nova Era. Depois, o vosso ser emocional limpou os vossos medos de forma a poderem viver confortavelmente na Nova Era. Por último, o vosso ser físico começou a adaptar-se de acordo.

Assim é para vós agora. Haveis aceitado a alegria e o amor como as emoções dominantes da Nova Era. Espiritualmente, compreendeis que, apesar de serdes únicos, a vossa singularidade ajudar-vos-á a criar a linda harmonia melódica da Nova Era. Agora é hora de compreenderdes como o vosso mundo está a mudar fisicamente.

A singularidade reinará realmente nos reinos físicos. E o amor será a chave na escolha da vossa base de origem – pelo tempo que esta parecer certa – e a vossa comunidade de amigos. Seres não humanos também se juntarão a essas áreas ou comunidades que parecerem certas.

À medida que a Terra e as vossa vibrações mudarem, ireis experienciar aspectos do vosso ser diferentes do que anteriormente. O mesmo acontece em relação aos sistemas ecológicos da Terra.

Algumas pessoas optarão por não terem um animal de estimação. Outras podem escolher ligar-se a um ser que agora achais ofensivo, tal como um gambá. Ou a seres de que não estais ainda totalmente conscientes como fadas ou duendes.

Esse pensamento não vos faz rir? Não existem duendes… ou existem? Quem quereria fazer amizade com um gambá?

Percebem agora quão limitadas são as vossas imagens da Nova Era?

É hora de aceitardes e esperardes a Nova Era em toda a sua beleza física, emocional e espiritual. E aceitai que a Nova Era é uma era de todos os vossos aspetos e da Terra.

Segui o vosso ser interior e encontrareis alegria em qualquer forma que criardes. Mantende as imagens da Era Antiga sobre como deverá ser a Nova Era e ficareis frustrados e limitados.

Abram os vossos olhos, ouvidos e todos os sentidos – os conhecidos e aqueles ainda por descobrir – e deslocar-vos-eis para a Nova Era com uma risada. Usai os vossos cinco sentidos atuais para explorar a Terra como é neste momento e ireis limitar o vosso ser a repetir o que tendes repetido durante eras – uma Era Antiga depois da outra. Que assim seja. Amém.

Direitos Autorais © 2009-2012, Brenda Hoffman. Todos os direitos reservados. www.LifeTapestryCreations.com. Sintam-se à vontade para partilhar este conteúdo com outras pessoas, publicar no vosso blogue, adicionar à vossa newsletter, etc. Mas, por favor, mantenham a integridade deste artigo incluindo o seu autor: Brenda Hoffman e a ligação do site de origem: www.LifeTapestryCreations.com.

 

Tradução: Ana Belo – anatbelo@hotmail.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comments

comments

 

Deixe uma resposta

Home mensagens Fisicamente, a Nova Era Não é o Que Imaginais
credit
« »
    on line: 528